Menu

Direito Civil

De R$ 99,90

Por R$79,90

em 3x de R$26,63

sem juros no cartão de crédito

economize R$ 20,00

Comprar com frete grátis

Parcelamento apenas nas compras com cartão de crédito

A Responsabilidade Civil pelo Ilícito Lucrativo (2019)

O disgorgement e a indenização restitutória

  • Páginas: 560
  • Edição: 1a
  • Ano: 2019
  • ISBN: 978-85-442-3028-2
  • Dimensões: 16x23cm
  • Acabamento: Brochura
  • ID: JUS0468
Disciplinas: Direito Civil Editora: Juspodivm

Descrição

O disgorgement e a indenização restitutória

 

O LEITOR ENCONTRARÁ:


- Conteúdo Amplo e Didático

POR QUE ESCOLHER O LIVRE A RESPONSABILIDADE CIVIL PELO ILÍCITO LUCRATIVO?

A responsabilidade civil pelo ilícito lucrativo é um estudo de direito comparado, abrangendo três anos de pesquisas no Brasil e no exterior. No discurso acadêmico frequentemente se diz que "o ilícito não pode se pagar" - "tort must not pay".

 

Todavia, ao contrário do que acontece em países como Inglaterra e Estados Unidos, a realidade jurídica da maioria dos países que compõem a civil law não condiz com o brocardo. Comportamentos antijurídicos "parasitários" são muito bem remunerados. Ilícitos lucrativos se potencializam no direito da concorrência, direito da propriedade (material e imaterial), direitos da personalidade e também no plano metaindividual.

 

Em sociedades complexas o direito civil é convocado a atuar de forma mais eficaz em reação à proliferação das mais diversas formas de ilícito. Todavia, a responsabilidade civil brasileira persevera no paradigma puramente compensatório, em detrimento de um modelo plural que conjugue remédios reparatório e restituitório, cada qual dentro de seus pressupostos objetivos.

 

O esquema monolítico de reparação de danos é exclusivamente focado na fictícia restituição da vítima ao estado anterior à lesão, quando o direito poderia transcender a epiderme do dano para alcançar o ilícito em si, removendo os ganhos indevidamente dele derivados. Postula-se pela criação de respostas que suprimam lucros ilícitos no interno da responsabilidade civil, como opção metodologicamente superior ao recurso ao enriquecimento injustificado.

 

Os remédios necessitam mais do que uma compreensão histórica e filosófica: eles são constantemente recalibrados por uma necessidade de justificação que assegure a sua eficácia, realizando os objetivos das regras substantivas do ordenamento jurídico, o rule of law.

 

A materialização do "private enforcement" na responsabilidade civil demanda que princípios e normas direito material possuam instrumentos adequados de concretização, aptos a dar vazão a uma sofisticada dogmática de requalificação do princípio da reparação integral.

 

Fechamento: 20.08.19

Outros títulos da mesma Disciplina

ver todos

Outros títulos dos autores

ver todos

Avaliações dos clientes

Conte o que achou deste produto para os outros clientes e ajude-os a fazer uma boa compra Quero avaliar este produto
Resumo das classificações
5
2
4
0
3
0
2
0
1
0
Classificação média dos clientes
Geral
Com base em 1 avaliação

Rio de Janeiro - RJ

15/10/2019

Ótimo

Tema super atual

Essa avaliação foi útil? Sim (0) | Não (0)

Salvador - BA

30/09/2019

Ótimo

Muito bom, estou nas primeiras páginas ainda, porém já foi perceptível que o conteúdo é bem aprofundado tecnicamente, e é nítido também que foi uma pesquisa que levou anos para ser desenvolvida.

Essa avaliação foi útil? Sim (0) | Não (0)

Dúvidas sobre o livro?

Escreva aqui todas as suas dúvidas sobre o livro. A Editora Juspodivm e o(s) autor(es) responderão a todas elas.