Menu

André Comte-Sponville

“O filósofo francês André Comte-Sponville nasceu em Paris, em março de 1952. Estudou na conceituada École Normale Supérieure, onde se tornou professor de filosofia e mestre de conferências da Universidade de Panthéon-Sorbonne.

 

Autor de obras como “Valor e Verdade”, “A Vida Humana” e do celebrado “Pequeno Tratado das Grandes Virtudes”, em que fala de virtudes como a fidelidade, a prudência, a generosidade, a compaixão e o humor, Comte-Sponville tem um discurso sustentável, contemporâneo.

 

Em comemoração aos 15 anos de lançamento de “A felicidade, desesperadamente”, um de seus livros mais expressivos, a Ecológico apresenta, a seguir, alguns trechos da obra, oriunda de uma conferência proferida pelo autor em outubro de 1999 em Bouguenais, na França. No livro, Comte-Sponville defende que, para se obter a tão sonhada felicidade, é preciso querer. E muito. Mas não é um querer passivo. É um “querer desesperado”. Não no sentido extremo de infelicidade, mas na acepção literal da palavra querer. “Quase etimológico”, como ele mesmo diz.

 

O filósofo nos ensina, ainda, que a felicidade tem que ser construída. E que o ser humano tem que saber o que deseja e lutar por esse desejo. A felicidade é, para ele, um estado onde o que se deseja está presente, e não ausente, como defendido por outras formas de pensamento. Não é um assunto da filosofia: a felicidade é algo que define a própria filosofia.

 

Último Lançamento

De R$ 59,90
Por R$ 50,90

em 3x de R$ 16,97

Livros Publicados

Comentários sobre André Comte-Sponville

Envie suas dúvidas, elogios ou críticas sobre o livros de André Comte-Sponville