Menu

Direito Processual Civil

De:

R$ 149,90

Por:

R$124  ,90

3 x de  R$41,63 s/ juros

economize R$ 25,00

Comprar com frete grátis Em pré-venda: 29/01/2020

Parcelamento apenas nas compras com cartão de crédito

Manual de Direito Processual Civil (2020)

2ª edição revista, atualizada e ampliada

  • Pré-venda: 29/01/2020
  • Páginas: 1216
  • Edição: 2a
  • Ano: 2020
  • ISBN: 978-85-442-3187-6
  • Dimensões: 16x23cm
  • Acabamento: Brochura
  • ID: JUS0702
Disciplinas: Direito Processual Civil Editora: Juspodivm

Descrição

CONFORME:

 

- Emenda Constitucional 103/2019 – Reforma da Previdência

- Lei 13.894/2019 – Altera o Código de Processo Civil

- Lei 13.874/2019 – Declaração de Direitos de Liberdade Econômica

- Lei 13.869/2019 – Abuso de Autoridade

 

POR QUE ESCOLHER O LIVRO MANUAL DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL?

 

Esta obra tem como objetivo a análise didática, atualizada e completa do Direito Processual Civil (...).

 

Procura-se estudar o mencionado ramo do Direito quanto aos seus fundamentos, institutos, regras e princípios, inclusive os de ordem constitucional, apresentando as noções e os conceitos necessários para a devida compreensão do sistema processual civil contemporâneo.

 

Pretendeu-se atender às necessidades do estudante universitário, daqueles que se preparam para as carreiras jurídicas e para os concursos públicos, dos profissionais do Direito, dos alunos de pós-graduação e de todos os que se interessam pelo Direito Processual Civil.

 

Este livro foi escrito com o especial enfoque de proporcionar um estudo diferenciado e abrangente da referida disciplina, em conformidade com a evolução doutrinária, jurisprudencial e legislativa a respeito dos seus diversos temas.

 

Espera-se, assim, que a presente obra possa receber a mesma acolhida das anteriores.

 

O Autor

 

Fechamento: 15/01/2020.

SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1.1 Denominação 1.2 Conceito 1.3 Abrangência 1.4 Natureza Jurídica 1.5 Relação com Outros Ramos do Direito 1.6 Direito Processual Constitucional 1.7 Evolução Histórica 1.7.1 Evolução Histórica no Brasil 1.7.2 Teorias sobre o Processo Capítulo 2 PACIFICAÇÃO DE CONFLITOS 2.1 Formas de Solução dos Conflitos 2.1.1 Autotutela 2.1.2 Autocomposição 2.1.2.1 Negociação 2.1.2.2 Conciliação e Mediação 2.1.3 Heterocomposição 2.1.3.1 Arbitragem 2.1.3.2 Jurisdição Estatal 2.2 Formas Alternativas de Solução de Conflitos Capítulo 3 FONTES 3.1 Conceito 3.2 Classificação 3.3 Fontes do Direito Processual Civil 3.3.1 Constituição 3.3.2 Leis 3.3.3 Normas Internacionais 3.3.4 Regimentos Internos 3.3.5 Jurisprudência 3.3.6 Costumes Capítulo 4 PRINCÍPIOS 4.1 Conceito 4.2 Funções 4.3 Princípios do Direito Processual Civil Capítulo 5 INTERPRETAÇÃO 5.1 Conceito 5.2 Classificação 5.3 Métodos Capítulo 6 INTEGRAÇÃO 6.1 Lacunas 6.2 Integração 6.2.1 Analogia 6.2.2 Costumes 6.2.3 Princípios Gerais de Direito 6.2.4 Equidade Capítulo 7 EFICÁCIA 7.1 Conceito 7.2 Eficácia no Tempo 7.3 Eficácia no Espaço Capítulo 8 PODER JUDICIÁRIO 8.1 Organização do Poder Judiciário 8.2 Garantias e Vedações 8.3 Supremo Tribunal Federal 8.4 Conselho Nacional de Justiça 8.5 Superior Tribunal de Justiça 8.6 Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais 8.7 Tribunal Superior do Trabalho, Tribunais Regionais do Trabalho e Juízes do Trabalho 8.8 Tribunais e Juízes Eleitorais 8.9 Tribunais e Juízes Militares 8.10 Tribunais e Juízes dos Estados 8.11 Poderes, Deveres e Responsabilidades do Juiz 8.12 Impedimentos e Suspeição do Juiz Capítulo 9 FUNÇÕES ESSENCIAIS À JUSTIÇA 9.1 Ministério Público 9.1.1 Inquérito Civil 9.1.2 Termo de Ajuste de Conduta 9.1.3 Ação Civil Pública 9.1.4 Atuação do Ministério Público no Processo Civil 9.2 Advocacia Pública 9.3 Advocacia 9.4 Defensoria Pública Capítulo 10 AUXILIARES DA JUSTIÇA 10.1 Introdução 10.2 Escrivão, Chefe de Secretaria e Oficial de Justiça 10.3 Perito 10.4 Depositário e Administrador 10.5 Intérprete e Tradutor 10.6 Conciliadores e Mediadores Judiciais Capítulo 11 JURISDIÇÃO 11.1 Conceito 11.2 Escopos Capítulo 12 COMPETÊNCIA 12.1 Conceito 12.2 Classificação da Competência 12.2.1 Competência Absoluta e Relativa 12.2.2 Competência em Razão da Matéria, da Pessoa, Funcional, Territorial e em Razão do Valor da Causa 12.2.3 Competência Civil e Criminal 12.2.4 Competência Comum e Especial 12.2.5 Competência Originária e Recursal 12.2.6 Competência Constitucional e Legal 12.2.7 Competência de Juízo 12.3 Limites da Jurisdição Nacional 12.4 Cooperação Internacional 12.5 Competência Interna 12.5.1 Disposições Gerais 12.5.2 Competência da Justiça Federal 12.5.3 Competência da Justiça Estadual 12.5.4 Competência da Justiça do Trabalho 12.5.5 Competência dos Juizados Especiais Cíveis 12.5.6 Competência dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher 12.5.7 Competência Territorial 12.5.7.1 Ações Fundadas em Direito Pessoal ou em Direito Real sobre Bens Móveis 12.5.7.2 Ações Fundadas em Direito Real sobre Imóveis 12.5.7.3 Ações de Inventário, Partilha, Arrecadação, Cumprimento de Disposições de Última Vontade, Impugnação ou Anulação de Partilha Extrajudicial e em que o Espólio é Réu 12.5.7.4 Ações em que o Ausente é Réu 12.5.7.5 Ações em que o Incapaz é Réu 12.5.7.6 Ações em que a União é Parte 12.5.7.7 Ações em que o Estado ou o Distrito Federal é Parte 12.5.7.8 Ações de Divórcio, Separação, Anulação de Casamento e Reconhecimento ou Dissolução de União Estável 12.5.7.9 Ação de Alimentos 12.5.7.10 Ações em que Pessoa Jurídica é Ré 12.5.7.11 Ações quanto a Obrigações da Agência ou Sucursal 12.5.7.12 Ações em que Sociedade ou Associação sem Personalidade Jurídica é Ré 12.5.7.13 Ações sobre Obrigação a ser Cumprida 12.5.7.14 Ações sobre Direitos previstos no Estatuto do Idoso 12.5.7.15 Ações de Reparação de Dano praticado por Serventia Notarial ou de Registro 12.5.7.16 Ações de Reparação de Dano 12.5.7.17 Ações em que Administrador ou Gestor de Negócios Alheios é Réu 12.5.7.18 Ações de Reparação de Dano em razão de Delito ou Acidente de Veículos e Aeronaves 12.6 Modificação da Competência 12.7 Prevenção 12.8 Foro de Eleição 12.9 Alegação da Incompetência 12.10 Prorrogação da Competência Relativa 12.11 Conflito de Competência Capítulo 13 AÇÃO 13.1 Natureza Jurídica 13.2 Conceito 13.3 Elementos 13.4 Classificação 13.5 Condições da Ação 13.6 Substituição Processual 13.7 Perempção 13.8 Distribuição Capítulo 14 PROCESSO 14.1 Conceito 14.2 Relação Jurídica Processual e Procedimento 14.3 Pressupostos Processuais Capítulo 15 ATOS PROCESSUAIS 15.1 Conceito 15.2 Princípio da Publicidade 15.3 Forma dos Atos Processuais 15.4 Negociação Processual 15.5 Informatização do Processo Judicial 15.5.1 Comunicação Eletrônica dos Atos Processuais 15.5.2 Processo Eletrônico 15.6 Atos das Partes 15.7 Atos do Escrivão 15.8 Tempo 15.9 Lugar Capítulo 16 PRAZOS 16.1 Conceito 16.2 Dilação e Suspensão dos Prazos 16.3 Contagem dos Prazos 16.4 Prazos para o Juiz 16.5 Prazos para o Serventuário 16.6 Prazos para a Fazenda Pública 16.7 Prazos para o Ministério Público 16.8 Prazos para a Defensoria Pública 16.9 Prazo para Recurso 16.10 Preclusão Capítulo17 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS 17.1 Introdução 17.2 Citação 17.3 Intimação 17.4 Cartas 17.5 Cooperação Nacional Capítulo 18 NULIDADES 18.1 Conceito 18.2 Vícios dos Atos Processuais 18.3 Princípios das Nulidades Processuais Capítulo 19 CUSTO DO PROCESSO 19.1 Abrangência 19.2 Despesas Processuais 19.3 Honorários Advocatícios 19.4 Gratuidade da Justiça Capítulo 20 PARTES 20.1 Sujeitos e Partes Processuais 20.2 Sucessão das Partes 20.3 Capacidade Processual 20.3.1 Capacidade de Ser Parte 20.3.2 Capacidade de Estar em Juízo 20.3.3 Capacidade Postulatória 20.4 Deveres das Partes e de seus Procuradores 20.5 Responsabilidade das Partes por Dano Processual Capítulo 21 LITISCONSÓRCIO 21.1 Conceito 21.2 Classificação Capítulo 22 INTERVENÇÃO DE TERCEIROS 22.1 Conceito 22.2 Classificação 22.3 Substituição do Réu pela Parte Legítima 22.4 Assistência 22.5 Denunciação da Lide 22.6 Chamamento ao Processo 22.7 Incidente de Desconsideração da Personalidade Jurídica 22.8 Amicus Curiae Capítulo 23 PETIÇÃO INICIAL 23.1 Requisitos 23.2 Pedido 23.3 Emenda da Petição Inicial 23.4 Indeferimento da Petição Inicial 23.5 Improcedência Liminar do Pedido Capítulo 24 TUTELA PROVISÓRIA 24.1 Classificação 24.2 Disposições Gerais 24.3 Tutela de Urgência 24.4 Tutela Antecipada Antecedente 24.5 Tutela Cautelar Antecedente 24.6 Tutela da Evidência 24.7 Tutela Provisória em face da Fazenda Pública 24.8 Tutela Provisória na Sentença Capítulo 25 DEFESA 25.1 Introdução 25.2 Classificação 25.3 Contestação 25.4 Reconvenção Capítulo 26 REVELIA 26.1 Conceito 26.2 Efeitos 26.3 Desdobramentos Capítulo 27 FASE ORDINATÓRIA 27.1 Providências Preliminares 27.2 Não Incidência dos Efeitos da Revelia 27.3 Fato Impeditivo, Modificativo ou Extintivo do Direito 27.4 Alegações do Réu 27.5 Julgamento Conforme o Estado do Processo 27.6 Extinção do Processo 27.7 Julgamento Antecipado do Mérito 27.8 Julgamento Antecipado Parcial do Mérito 27.9 Saneamento e Organização do Processo Capítulo 28 SUSPENSÃO DO PROCESSO 28.1 Introdução 28.2 Hipóteses Capítulo 29 AUDIÊNCIA 29.1 Princípio da Oralidade 29.2 Audiência de Instrução e Julgamento Capítulo 30 PROVAS 30.1 Objeto da Prova 30.2 Classificação 30.3 Ônus da Prova 30.4 Valoração da prova 30.5 Produção Antecipada da Prova 30.6 Meios de Prova 30.6.1. Depoimento Pessoal e Interrogatório 30.6.1.1 Confissão 30.6.2 Documentos 30.6.2.1 Juntada 30.6.2.2 Documentos Eletrônicos 30.6.2.3 Exibição de Documento ou Coisa 30.6.2.4 Arguição de Falsidade 30.6.3 Ata Notarial 30.6.4 Testemunhas 30.6.5 Perícia 30.6.6 Inspeção Judicial Capítulo 31 PRONUNCIAMENTOS DO JUIZ 31.1 Espécies 31.2 Sentença 31.3 Efeitos da Sentença 31.4 Sentença sobre Emissão de Declaração de Vontade 31.5 Hipoteca Judiciária 31.6 Elementos Essenciais da Sentença 31.7 Sentença Líquida 31.8 Princípio da Congruência 31.9 Relação Jurídica Condicional 31.10 Fato Superveniente 31.11 Modificação da sentença 31.12 Ordem Cronológica para Proferir Sentenças e Acórdãos Capítulo 32 COISA JULGADA 32.1 Conceito 32.2 Limites Objetivos da Coisa Julgada 32.3 Coisa Julgada e Questão Prejudicial 32.4 Limites Subjetivos da Coisa Julgada 32.5 Coisa Julgada nas Relações Jurídicas Continuadas 32.6 Função Positiva e Função Negativa da Coisa Julgada 32.7 Eficácia Preclusiva da Coisa Julgada 32.8 Efeitos da Sentença Penal na Jurisdição Civil Capítulo 33 RECURSOS E PROCESSOS NOS TRIBUNAIS 33.1 Introdução 33.2 Conceito 33.3 Natureza Jurídica 33.4 Princípios 33.5 Classificação 33.6 Requisitos de Admissibilidade 33.7 Juízo de Mérito dos Recursos 33.8 Efeitos dos Recursos 33.9 Recurso Adesivo 33.10 Apelação 33.11 Agravo de Instrumento 33.12 Agravo Interno 33.13 Embargos de Declaração 33.14 Recurso Ordinário 33.15 Recurso Especial 33.16 Recurso Extraordinário 33.17 Interposição do Recurso Extraordinário e do Recurso Especial 33.18 Efeitos do Recurso Especial e do Recurso Extraordinário 33.19 Procedimento no Juízo Recorrido 33.20 Interposição Conjunta de Recurso Extraordinário e Recurso Especial 33.21 Julgamento do Recurso Extraordinário e do Recurso Especial 33.22 Repercussão Geral no Recurso Extraordinário 33.23 Julgamento dos Recursos Extraordinário e Especial Repetitivos 33.24 Agravo em Recurso Especial e em Recurso Extraordinário 33.25 Embargos de Divergência 33.26 Correição Parcial 33.27 Reexame Necessário 33.28 Incumbências do Relator 33.29 Ordem dos Processos no Tribunal 33.30 Sustentação Oral 30.31 Vícios Sanáveis e Conversão em Diligência 30.32 Julgamento no Tribunal 30.33 Técnica de Julgamento em Prosseguimento 33.34 Registro e Publicação do Acórdão Capítulo 34 UNIFORMIZAÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA 34.1 Introdução 34.2 Precedentes Vinculantes 34.3 Reclamação Capítulo 35 INCIDENTES NOS TRIBUNAIS 35.1 Incidente de Assunção de Competência 35.2 Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas 35.3 Incidente de Arguição de Inconstitucionalidade 35.4 Conflito de Competência Capítulo 36 AÇÃO RESCISÓRIA 36.1 Natureza jurídica 36.2 Cabimento 36.3 Competência 36.4 Legitimidade 36.5 Hipóteses de admissibilidade 36.6 Prazo 36.7 Procedimento 36.8 Depósito prévio 36.9 Decisão 36.10 Recurso 36.11 Ação Declaratória de Nulidade Capítulo 37 HOMOLOGAÇÃO DE DECISÃO ESTRANGEIRA 37.1 Competência 37.2 Natureza Jurídica 37.3 Cooperação Jurídica Internacional 37.4 Homologação de Decisão Arbitral Estrangeira 37.5 Eficácia da Decisão Estrangeira 37.6 Medidas de Urgência no Processo de Homologação 37.7 Execução Fiscal e Divórcio Consensual 37.8 Decisão Estrangeira Concessiva de Medida de Urgência 37.9 Requisitos para a Homologação da Decisão Estrangeira 37.10 Execução da Decisão Estrangeira Capítulo 38 LIQUIDAÇÃO 38.1 Natureza Jurídica 38.2 Limites 38.3 Modalidades 38.4 Juros e Correção Monetária Capítulo 39 CUMPRIMENTO DA SENTENÇA 39.1 Natureza Jurídica 39.2 Procedimento 39.3 Partes 39.4 Intimação do Executado 39.5 Relação Jurídica sob Condição ou Termo 39.6 Títulos Executivos Judiciais 39.7 Competência 39.8 Protesto 39.9 Validade do Procedimento 39.10 Cumprimento Provisório da Sentença de Obrigação de Pagar Quantia Certa 39.11 Cumprimento Definitivo da Sentença de Obrigação de Pagar Quantia Certa 39.12 Impugnação ao Cumprimento da Sentença 39.13 Cumprimento de Sentença de Obrigação de Prestar Alimentos 39.14 Cumprimento de Sentença de Obrigação de Pagar Quantia Certa pela Fazenda Pública 39.14.1 Fazenda Pública 39.14.2 Precatório 39.14.3 Sequestro do Valor 39.14.4 Créditos de Natureza Alimentícia 39.14.5 Obrigações de Pequeno Valor 39.14.6 Preferência 39.14.7 Compensação 39.14.8 Juros e Correção Monetária 39.14.9 Cessão 39.14.10 Procedimento 39.15 Cumprimento de Sentença de Obrigação de Fazer ou de Não Fazer 39.16 Cumprimento de Sentença de Obrigação de Entregar Coisa Capítulo 40 PROCESSO DE EXECUÇÃO 40.1 Natureza Jurídica 40.2 Posturas do Juiz na Execução 40.3 Ato Atentatório à Dignidade da Justiça 40.4 Desistência 40.5 Ressarcimento ao Executado 40.6 Partes 40.7 Legitimidade Ativa 40.8 Legitimidade Passiva 40.9 Competência 40.10 Cadastros de Inadimplentes 40.11 Títulos Executivos Extrajudiciais 40.12 Inadimplemento, Certeza, Exigibilidade e Liquidez da Obrigação 40.13 Responsabilidade Patrimonial 40.14 Fraude à Execução 40.15 Desconsideração da Personalidade Jurídica 40.16 Petição Inicial 40.17 Obrigações Alternativas 40.18 Nulidades e Exceção de Pré-executividade 40.19 Ineficácia 40.20 Execução pelo Modo Menos Gravoso 40.21 Execução de Entrega de Coisa Certa 40.22 Execução de Entrega de Coisa Incerta 40.23  Execução de Obrigação de Fazer ou de Não fazer 40.24 Execução de Obrigação de Fazer 40.25 Execução de Obrigação de Não Fazer 40.26 Execução por Quantia Certa 40.26.1 Citação 40.26.2 Averbação da Execução 40.26.3 Arresto 40.26.4 Penhora 40.26.5 Bens Impenhoráveis 40.26.6 Ordem de Preferência da Penhora 40.26.7 Penhora de Bem Gravado por Alienação Fiduciária 40.26.8 Penhora de Bem Hipotecado 40.26.9 Auto e Termo de Penhora 40.26.10 Depósito do Bem Penhorado 40.26.11 Intimação do Executado 40.26.12 Averbação da Penhora 40.26.13 Lugar da Penhora 40.26.14 Substituição do Bem Penhorado 40.26.15 Segunda Penhora 40.26.16 Alienação Antecipada 40.26.17 Penhora de Dinheiro em Depósito ou em Aplicação Financeira 40.26.18 Penhora de Créditos 40.26.19 Penhora das Quotas ou das Ações de Sociedades Personificadas 40.26.20 Penhora de Empresa, de Outros Estabelecimentos e de Semoventes 40.26.21 Penhora de Percentual de Faturamento de Empresa 40.26.22 Penhora de Frutos e Rendimentos de Coisa Móvel ou Imóvel 40.26.23 Avaliação 40.26.24 Adjudicação 40.26.25 Alienação 40.26.26 Satisfação do Crédito 40.27 Execução contra a Fazenda Pública 40.28 Execução de Alimentos 40.29 Embargos à Execução 40.30 Parcelamento da Dívida 40.31 Suspensão do Processo de Execução 40.32 Extinção do Processo de Execução 40.33 Execução por Quantia Certa contra Devedor Insolvente Capítulo 41 PROCEDIMENTOS ESPECIAIS 41.1 Introdução 41.2 Ação de Consignação em Pagamento 41.3 Ação de Exigir Contas 41.4 Ações Possessórias 41.4.1 Manutenção e Reintegração de Posse 41.4.2 Litígio Coletivo pela Posse 41.4.3 Interdito Proibitório 41.5 Ação de Divisão e Demarcação de Terras Particulares 41.5.1 Demarcação 41.5.2 Divisão 41.6 Ação de Dissolução Parcial de Sociedade 41.7 Inventário e Partilha 41.7.1 Legitimidade para Requerer o Inventário 41.7.2 Inventariante e Primeiras Declarações 41.7.3 Citações e Impugnações 41.7.4 Avaliação e Cálculo do Imposto 41.7.5 Colações 41.7.6 Sonegação 41.7.7 Pagamento das Dívidas 41.7.8 Partilha 41.7.9 Arrolamento 41.7.10 Disposições Comuns 41.8 Embargos de Terceiro 41.9 Oposição 41.10 Habilitação 41.11 Ações de Família 41.12 Ação Monitória 41.13 Homologação do Penhor Legal 41.14 Regulação de Avaria Grossa 41.15 Restauração de Autos Capítulo 42 PROCEDIMENTOS DE JURISDIÇÃO VOLUNTÁRIA 42.1 Conceito 42.2 Disposições Gerais 42.3 Notificação e Interpelação 42.4 Alienação Judicial 42.5 Divórcio e Separação Consensuais, Extinção Consensual de União Estável e Alteração do Regime de Bens do Matrimônio 42.6 Testamentos e Codicilos 42.7 Herança Jacente 42.8 Bens dos Ausentes 42.9 Coisas Vagas 42.10 Interdição 42.10.1 Curatela da Pessoa com Deficiência 42.11 Disposições Comuns à Tutela e à Curatela 42.12 Organização e Fiscalização das Fundações 42.13 Ratificação dos Protestos Marítimos e dos Processos Testemunháveis Formados a Bordo Capítulo 43 REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS 43.1 Mandado de Segurança 43.2 Habeas Corpus 43.3 Habeas Data 43.4 Mandado de Injunção 43.5 Ação Popular Capítulo 44 PROCESSO COLETIVO 44.1 Origem 44.2 Relevância 44.3 Microssistema 44.4 Direitos Coletivos 44.5 Princípios 44.6 Ação Civil Pública e Ação Civil Coletiva 44.7 Legitimidade 44.8 Substituição Processual 44.9 Competência 44.10 Liquidação e Execução 44.11 Litispendência 44.12 Coisa julgada 44.13 Abrangência Territorial 44.14 Despesas Processuais 44.15 Prescrição Capítulo 45 JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS 45.1 Introdução 45.2 Fundamento Constitucional e Previsão Legal 45.3 Princípios 45.4 Competência do Juizado Especial Cível Estadual 45.5 Competência do Juizado Especial Federal Cível 45.6 Competência do Juizado Especial da Fazenda Pública 45.7 Partes 45.8 Capacidade Postulatória 45.9 Juiz, Conciliadores e Juízes Leigos 45.10 Atos Processuais e Prazos 45.11 Petição Inicial 45.12 Designação de Sessão de Conciliação 45.13 Tutela Provisória 45.14 Citação e Intimação 45.15 Revelia 45.16 Conciliação 45.17 Instrução e Julgamento 45.18 Resposta do Réu 45.19 Provas 45.20 Sentença 45.21 Recurso Inominado 45.22 Agravo Interno 45.23 Agravo de Instrumento 45.24 Embargos de Declaração 45.25  Pedido de Uniformização de Interpretação de Lei Federal 45.26 Pedido de Uniformização de Interpretação de Lei 45.27 Não Cabimento de Recurso Especial 45.28 Recurso Extraordinário 45.29 Cumprimento da Sentença nos Juizados Especiais Cíveis Estaduais 45.30 Execução de Título Extrajudicial nos Juizados Especiais Cíveis Estaduais 45.31 Cumprimento da Sentença nos Juizados Especiais Federais Cíveis 45.32 Cumprimento da Sentença nos Juizados Especiais da Fazenda Pública BIBLIOGRAFIA

Outros títulos da mesma Disciplina

ver todos

Outros títulos dos autores

ver todos

Avaliações dos clientes

Conte o que achou deste produto para os outros clientes e ajude-os a fazer uma boa compra Quero avaliar este produto
Resumo das classificações
5
0
4
0
3
0
2
0
1
0
Classificação média dos clientes
Geral
Com base em 0 avaliações

Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a comentar.

Dúvidas sobre o livro?

Escreva aqui todas as suas dúvidas sobre o livro. A Editora Juspodivm e o(s) autor(es) responderão a todas elas.